Placa R6B; entenda o significado deste sinal

sinalização horizontal
Sinalização Horizontal: o que é, cores e tipos
21 de maio de 2021
empresa de sinalização viária
Empresa de Sinalização Viária na Zona Oeste
15 de julho de 2021
Exibir tudo

Placa R6B; entenda o significado deste sinal

placa r6b
 

A placa R6B faz parte da sinalização de trânsito, prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro, e regulamentam a parada e o estacionamento de veículos na via. Além dela existe ainda as placas R6A e R6C, que fazem parte da família de sinais R6.

As orientações de utilização destas placas estão definidas no Manual Brasileiro de Sinalização Vertical de Regulamentação aprovado pela Res.180/05 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Porém, frequentemente as pessoas se confundem com as placas que permitem ou proíbem parada e estacionamento! E isso é comum, afinal, os códigos de identificação destes sinais não têm uma sequência lógica.

De acordo com os extremos de permissão e proibição, a ordem deve ser de A a C, mas não! Os legisladores - ou seus assistentes técnicos - distribuíram os códigos R6A, B e C de acordo com algum padrão misterioso.

Mas para sanar todas as dúvidas, criamos esse conteúdo onde iremos mostrar as diferenças das placas da família R6, acompanhe!

Quais as diferenças entre as placas R6A, Placa R6B e a Placa R6C?

As placas R6A e R6C determinam proibição de estacionamento em um determinado local. A diferença é que a placa R6C além de proibir o estacionamento, proíbe também a parada naquele local. Já a placa R6B permite o estacionamento de veículos na via. Como podemos ver nas imagens abaixo;

placa r6a, r6b e r6c

O motivo pelo qual muitas pessoas se confundem com os códigos é que a ordem não está em uma sequência lógica. Mas além disso, as pessoas se confundem também com as funções de cada placa como veremos a seguir;

Placas da família R6 com informação complementar "INÍCIO" e "TÉRMINO"

Em algumas cidades, as placas trazem a palavra "início" e "término", que indicam a proibição ou não de estacionar a partir do ponto onde a placa está.

Quando não está explícita essa indicação (INÍCIO OU TÉRMINO), entende-se que toda a área daquela quadra ou quarteirão não permite o estacionamento.

A placa de proibido estacionar composta com a palavra  “INÍCIO”  indica que a restrição de estacionamento inicia-se a partir da sua localização até a esquina seguinte.

placa proibido estacionar término

Já a placa composta com a palavra “TÉRMINO” indica o local em que a restrição de estacionamento acaba. Assim, é proibido estacionar no trecho após a placa com a inscrição "INÍCIO" e permitido no trecho após a placa com inscrição "TÉRMINO'.

placa proibido estacionar início e término

Placas da família R6 composta por informação complementar "NA LINHA AMARELA"

A função das placas apresentadas acima é a mesma da placa de proibido estacionar composta com a frase “NA LINHA AMARELA”. No entanto, em comparação com as outras duas placas, a última placa tem uma desvantagem porque requer a linha amarela (sinal horizontal) para ser eficaz.

Nesse caso, o status de conservação da linha amarela precisa ser monitorado continuamente.

placa proibido estacionar na linha amarela

Infrações por estacionamento irregular

O Código de Trânsito Brasileiro prevê infrações por estacionamento irregular em decorrência do descumprimento da sinalização com poder de regulamentação existente no local e também nos casos expressos previstos em seu texto. Em ambos os casos, a desobediência implicará no cometimento de uma infração.

Como deve ser a sinalização de regulamentação de estacionamento

A sinalização vertical de regulamentação tem por finalidade transmitir aos usuários as condições, proibições, obrigações ou restrições no uso das vias urbanas e rurais, pois o desrespeito aos sinais de regulamentação constitui infração.

Essas proibições, obrigações e restrições devem ser estabelecidas para dias, períodos, horários, locais, tipos de veículos ou trechos em que se justifiquem, de modo que se legitimem perante os usuários.

Quanto ao órgão de transito, este deve obedecer aos princípios de sinalização especificados no MBST quando instalado na via, podendo ser multado por ignorar as regras aplicáveis. Incluindo, art. O artigo 90 da CTB é claro o suficiente para determinar que as sanções previstas nas leis de trânsito brasileiras não se aplicam às situações em que a sinalização seja insuficiente ou incorreta pelo não cumprimento.

Fabricação e Instalação das Placas R6A, Placa R6B e R6C

placa r6b

As Placas de proibido estacionar R6A, R6B e R6C estão dentro do grupo de placas de regulamentação de estacionamento;

A placa R6A é utilizado para regulamentar a parada e os estacionamentos da pista, proibindo o condutor de estacionar neste local. A Placa R6B, tem sua função de regulamentar e indicar ao motorista onde é permitido estacionar. Já a placa R6C regulamenta e indica ao motorista que não é permitido estacionar e parar o veículo na extensão da área.

Agora veja suas características, utilizações e posicionamentos;

Características:

  • Placa de Regulamentação;
  • Formato: Circular;
  • Fundo: Branco;
  • Orla: Vermelho;
  • Legenda: Preto.

Utilizações:

  • Regulamentar áreas de estacionamentos;
  • Pode ser utilizado junto a informações adicionais, como tipo de veículo, horário, dia da semana, permissão de carga e descarga, ponto de ônibus, tempo possível de permanência, delimitação de trecho, especificações de motos, deficiente físico, bicicletas, entre outros;
  • Permissão em locais restritos a estacionar, são eles, viadutos, pontes, canteiros centrais, gramados públicos, acostamentos, áreas de cruzamentos, interseção em T, entroncamento e confluências;
  • É válido entre o trecho sinalizado com a placa;
  • Pode estar anexada a placa as informações de "Início", "Término" e "Linha branca".

Posicionamentos:

  • Em áreas com extensões inferiores a 60 metros, coloca-se a placa no meio deste prolongamento;
  • Em extensões superiores a 60 metros, deve ser aplicado duas ou mais placas, tendo a obrigação de ficar a uma distância entre 5 a 30 metros do meio fio da via transversal;
  • Utiliza-se como padrão uma distância entre sinais de 60 metros, podendo estar a uma distância máxima de 80 metros;
  • Em locais de curvas recomenda-se adicionais mais placas, conforme as características e visibilidade do local;
  • Quando a extensão não está inserida em toda a quadra, a placa é acompanhada com informações adicionais de "Início" / "Término" ou "Linha branca". Em trechos superiores a 60 metros são adicionadas placas intermediárias, sem informações adicionais de limitação;
  • Em trechos de esquinas, coloca-se junto a informação de "Início" ou "Término", extensões superiores a 30 metros deve se adicionar placas intermediárias;
  • Em Vias Rurais, o espaçamento adotado é de 100 metros entre placas, podendo também, através de estudos de engenharia, ser adicionado a distâncias inferiores ou superiores a medida citada, adota-se esta medida conforma a visibilidade do local.

Esperamos ter sanado suas dúvidas em relação a placa R6B e toda a família de sinais R6.

E se você está precisando de uma empresa especializada em fabricação de placas de sinalização vertical, saiba que nós estamos há mais de 20 anos fabricando todo tipo de sinalização horizontal, vertical e semafórica. Fale conosco 😉

Marcos Moreira
Marcos Moreira
Analista de Marketing Digital | Agência Web Marketing

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *