Defensa metálica: o que é e para que serve?

defensa metálica

Defensa metálica nada mais é do que uma barreira de proteção para o condutor e para o veículo. Sua função é, após um choque, evitar que o veículo saia da via e direcioná-lo novamente a pista, numa velocidade baixa e num ângulo menor do que ele entrou.

Cerca de 20% dos acidentes fatais do mundo são ocasionados por acidentes de trânsito. Isso mostra como é importante a implantação de medidas de segurança para diminuir esse quadro.

Foram realizados diversos estudos para definir qual seria a proteção de veículos e pedestres ideal. E é por isso que estamos aqui. Hoje vamos entender o que é e para que serve a defensa metálica. Vamos lá?

O que é uma defensa metálica?

defensa metálica

Uma defensa metálica é uma estrutura de proteção comumente utilizada em estradas e rodovias para evitar que os veículos saiam da via em caso de acidentes. Essas barreiras de segurança são projetadas para absorver e distribuir a energia do impacto do veículo, redirecionando-o para a pista e ajudando a prevenir ferimentos mais graves.

Essas defensas metálicas podem ser feitas de aço ou outros metais e geralmente são instaladas em áreas de risco como curvas acentuadas, pontes, taludes ou em locais onde há uma diferença significativa de altura de um lado da estrada. O design das defensas é feito de tal maneira que, em caso de colisão, a defensa ceda e ajude a desacelerar o veículo, minimizando assim o dano ao veículo e ao motorista.

Qual a função da defensa metálica?

Defensas metálicas são barreiras instaladas para absorver o impacto dos veículos desgovernados que podem acabar saindo da via.

Suas principais funções são:

  • redirecionar o veículo a pista com ângulo menor que ele entrou;
  • absorção de energia, diminuindo o impacto do veículo e a gravidade do
    acidente;
  • proteção e barreira contra áreas perigosas;
  • evitar que o veículo volte para a estrada.

Onde são utilizadas as defensas metálicas?

As defensas metálicas são instaladas ao longo das vias de circulação de veículos, na lateral, no canteiro central, em pontes e bordas de aterro, enfim, em locais perigosos nos quais, em caso de acidente, os danos causados são minimizados pela presença da defensa metálica.

Suas principais aplicações são em:

• vias expressas urbanas;
• rodovias;
• pontes e viadutos;
• pistas de corrida de automóveis;
• e estacionamentos.

Quando usar a defensa metálica?

A defensa metálica é usada em diversas situações para melhorar a segurança em rodovias e estradas. Alguns dos casos em que geralmente são usadas incluem:

  • Curvas Perigosas: Em curvas onde os veículos podem perder o controle e sair da pista, a defensa metálica atua como uma barreira de segurança, redirecionando os veículos de volta à estrada.
  • Margens de Rios ou Barrancos: As defensas metálicas são frequentemente instaladas ao longo das margens de rios ou em locais onde há um declive acentuado ao lado da estrada, para prevenir que os veículos saiam da via e caiam.
  • Pontes e Viadutos: Em pontes e viadutos, a defensa metálica pode ser usada para evitar que os veículos ultrapassem a borda e caiam.
  • Divisões de Pista: Em rodovias de mão dupla, as defensas metálicas podem ser usadas como barreiras de divisão para prevenir colisões frontais.
  • Zonas de Obras: Em zonas de obras, a defensa metálica pode ser instalada temporariamente para proteger os trabalhadores da construção e os equipamentos de veículos descontrolados.

No entanto, é importante notar que o uso de defensas metálicas deve ser planejado e instalado por profissionais, uma vez que uma instalação inadequada pode causar mais danos do que benefícios em caso de acidente.

Quais são os componentes de uma defensa metálica?

Os principais componentes de uma defensa metálica são: lâmina, poste, espaçador, calço, garra e elementos e fixação. Leia mais abaixo!

Lâmina

Componente de defensa metálica projetado para receber o impacto eventual de um veículo e servir de guia para a sua trajetória após o choque, contendo e redirecionando o veículo.

Poste

Componente de defensa metálica fixado ao solo, que além de sustentar o conjunto na sua altura de projeto, absorve parte da energia resultante da colisão de veículos.

Espaçador

Componente de defensa intermediário entre a lâmina e o poste, o qual mantém o afastamento entre estes, evitando o impacto direto de veículos com o poste e prevenindo o fenômeno de enganchamento.

Calço

Peça de apoio da lâmina dupla onda nas defensas semimaleáveis.

Garra

Peça usada em conjunto com o espaçador, dimensionada de modo que através do cisalhamento de seus parafusos de fixação ao poste, causado pelo impacto, mantenha aproximadamente a altura original da lâmina.

Elementos de fixação

Peças destinadas a fixar, firmemente, um componente de defensa ao outro, constituídas de parafusos, porcas, arruelas e plaquetas.

Quais são os principais tipos de defensas metálicas?

Existem três tipos de defensas metálicas, cada uma desenvolvida para suportar níveis diferentes de impactos. Veja abaixo!

Defensa simples

Tipo de defensa formada por uma só linha de lâminas e suportada por uma única linha de postes.

Defensa dupla

Tipo de defensa formada por duas linhas de lâminas, paralelas e suportada por uma única linha de postes.

Defensa tripla

Tipo de defensa formada por três linhas de lâminas, paralelas e suportada por uma única linha de postes.

Quais são os modelos de defensas metálicas?

Existem diversos tipo de defensas, entre elas: maleável, semimaleável, semirrígida, rígida, mediana e removível. Saiba mais sobre cada uma abaixo!

Defensa maleável

Modelo de defensa metálica, simples ou dupla, composto por lâminas, postes maleáveis, espaçadores maleáveis, garras de fixação, plaquetas, cintas (somente no caso de defensas simples), parafusos, porcas e arruelas.

Este dispositivo tende a se deformar plasticamente ante o impacto de veículos.

Neste dispositivo o espaçamento entre postes é de 4m no modelo duplo, e de 2m no modelo simples.

Defensa semimaleável

Modelo de defensa metálica, simples ou dupla, composto por lâminas, postes semimaleáveis, espaçadores simples, calços, plaquetas, parafusos, porcas e arruelas.

Este modelo tem o poste mais rígido que o da maleável, ficando a maior tendência de deformação nas lâminas e nos espaçadores simples.

Neste dispositivo o espaçamento entre postes é de 4m.

Defensa semirrígida

Modelo de defensa metálica, simples ou dupla, obtido a partir da defensa semimaleável, através da eliminação dos espaçadores simples.

Defensa rígida

Modelo de defensa metálica, simples ou dupla, obtido a partir da defensa semimaleável, através da diminuição do espaçamento entre postes.

Defensa mediana

Qualquer modelo de defensa metálica empregada em canteiro central.

Defensa removível

Qualquer modelo de defensa metálica, previsto nesta Norma, cujos postes são dotados de bases aparafusadas no pavimento, que permitam a sua remoção.

Normalmente, é utilizado o modelo semimaleável, no uso de defensas removíveis.

Como instalar defensa metálica?

Em primeiro lugar o solo precisa estar limpo, sem entulhos ou vegetação. O solo estando limpo, já pode iniciar a cravação dos postes, feita por uma bate-estaca.

Após a cravação dos postes, inicia-se a montagem das lâminas. A altura das lâminas devem ser iguais, e se precisar mudar, não deve ser brusca, de modo que apresente desnível exagerado.

Importante lembrarmos também que, os componentes das defensas não podem apresentar arestas ou cantos vivos voltados para dentro da pista.

Os elementos de fixação devem estar atrás das lâminas e se, ainda assim, houver possibilidade de atingir pessoas e veículos, devem ter suas formas baixas e arredondadas.

Conclusão

Defensas metálicas são muito importantes para a segurança dos condutores e pedestres. Independente de serem maleáveis ou rígidas, a implantação deve ser adotada, visando diminuir o impacto do veículo e impedi-lo de ultrapassar a via.

Sua importância é tanto para dividir a via, como também para proteger pedestres e condutores em caso de acidentes.

Completo esse conteúdo, não é mesmo? Temos a certeza que agora você sabe o que é e para que serve uma defensa metálica!

Ficou com alguma dúvida? FAÇA UM ORÇAMENTO agora mesmo!

A Setas Sinalização está há mais de 20 anos fabricando todo o tipo de sinalização viária com a melhor mão de obra, materiais e com o melhor preço do mercado.

5/5 - (1 vote)
Marcos Moreira
Marcos Moreira
Analista de Marketing Digital | Agência Web Marketing

4 Comments

  1. […] Formar barreiras em vias localizadas entre encostas e ribanceiras ou precipícios; como as defensas metálicas; […]

  2. Boa tarde, por gentileza cotar

    1 – Defensa metálica N2 A W2 – nível contenção N2, nível severidade do impacto A, nível espaço de trabalho W2, conforme NBR 15486:2016
    Quant. 7.632,00 m
    2 – Terminal de Defensa (Execução, incluindo fornecimento e transporte de todos os materiais) – N2 a W2, conforme NBR 15486:2016
    Quant. 10 un

  3. […] dos principais componentes dessa barreira é o perfil metálico ou lâmina, seguida pelo poste, espaçador, calço, garra, cinta, plaqueta e […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *